Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR

ARTIGOS

Nesta subsecção estão disponíveis diversos artigos, crónicas e textos abordando os mais diversos temas ligados ao mar, às actividades subaquáticas, equipamentos, ecologia e conservação do meio ambiente, socorrismos, entre outros, seleccionados de várias fontes de imprensa escrita e digital com o objectivo de proporcionar não só bons momentos de leitura e lazer, mas também aumentar e reforçar conhecimentos, despertar paixões e alimentar sonhos.

 

Quando fui abordado no sentido de começar a escrever sobre o mergulho a primeira pergunta que me surgiu foi naturalmente o tema que serviria de “tiro de partida” à nova crónica. Após algumas ideias pensei que, considerando o universo de leitores da Revista da Marinha, seria interessante abordar algumas definições relativas às principais áreas do mergulho. Embora pareça trivial é um tema que frequentemente suscita dúvidas, mesmo entre “aficionados” e, curiosamente, poucas vezes tenho tido oportunidade de ver abordado neste tipo de fora.
Esta Crónica da Revista de Marinha é a primeira de três dedicadas a introduzir os conceitos por trás da utilização de misturas diferentes do ar em mergulho recreativo, nomeadamente o NITROX, HELIOX e TRIMIX. Neste texto aborda as características, vantagens e inconvenientes do mergulho com misturas respiratórias NITROX.
Esta Crónica da Revista de Marinha é a segunda de três dedicadas a introduzir os conceitos por trás da utilização de misturas diferentes do ar em mergulho recreativo, nomeadamente o NITROX, HELIOX e TRIMIX. Neste texto aborda as características, vantagens e inconvenientes do mergulho com misturas respiratórias HELIOX .
Esta Crónica da Revista de Marinha é a última de três dedicadas a introduzir os conceitos por trás da utilização de misturas diferentes do ar em mergulho recreativo, nomeadamente o NITROX, HELIOX e TRIMIX. Neste texto aborda as características, vantagens e inconvenientes do mergulho com misturas respiratórias TRIMIX.
Nos últimos anos tem sido comum encontrar instrutores de mergulho a falar sobre a decisão tomada pelas principais agências de certificação de mergulho no sentido de progressivamente substituir, nos currículos dos cursos iniciais de mergulho recreativo, as já seculares tabelas de mergulho pelos seus rivais tecnológicos, os computadores de mergulho. Neste conjunto de crónicas não pretendo tomar qualquer posição no que diz respeito a esta linha de ação por parte das agências internacionais nem defender a utilização de um ou outro método no que diz respeito ao ensino do mergulho, apenas deixar alguns dados que possam ajudar os interessados nestas temáticas a refletir e eventualmente construir uma opinião acerca do assunto.
Mas afinal o que é um computador de mergulho? Na sua função base, o cálculo da absorção de azoto pelo mergulhador quando em imersão, é um microprocessador o qual tem introduzido um algoritmo de descompressão e a que estão ligados um profundimetro e um relógio, que conjugados fornecem os dados de entrada para processamento. Estes dados não são mais que a informação da profundidade dada em intervalo de cerca de um segundo (varia de modelo para modelo) que permitem ao algoritmo calcular a entrada (saturação) e/ou saída (desaturação) do azoto nos nossos tecidos.